UNIVERSIDADE: A arte de se formar e JAMAIS se conrformar...

|

Parafraseando aquele velho economista, lembro que o trabalho é a medida pela qual o homem se apodera da natureza. É através do trabalho que o modifica a natureza; e o faz, claro, porque a natureza externa lhe é desagradável. Por se sentir ameaçado, o homem modifica a natureza de maneira que passe a sentir a natureza interna bem. Ao modificar a natureza externa, acaba, por fim, modificando sua própria natureza interna.

O mais bonito desse pensamento, a meu ver, são as conclusões cabíveis sobre esta única afirmação: é através do trabalho que o homem modifica a natureza, sua realidade direta. Ou seja: o trabalho é uma ferramenta humana, usada pelo homem para modificar aquilo que não lhe faz bem.

Seis bilhões e trezentos mil humanos na terra: nenhuma humanidade. Se os glóbulos brancos destruíssem o próprio organismo humano, o que aconteceria com o homem? Morreria. Por sua vez, se os homens destroem outros humanos, o que acontece com a humanidade? É...

Os homens correm em direção à autodestruição. 20% da população vive em países desenvolvidos; menos de 2 sextos da população tem direito a consumir alem das necessidades básicas; metade da população mundial reside na pobreza; cinco por cento da população mais rica do planeta, consome 75% dos recursos da terra.

Como mudar esta realidade?

Muitas formas devem haver, claro. Incontáveis: existem tantas quantas o homem puder imaginar. Mas, como a mudança concretizar-se-á? Através do trabalho. Não se aja duvida.

O homem trabalha de essência, desde que largou os laços naturais e passou a viver em prol da primeira cultura, a da terra. O trabalho é o fim das trocas humanas: no unimos para trabalharmos em grupo, podendo, assim, suprir a necessidade da unidade.

Seu emprego, seu trabalho, seu bico. É assim que você interage no mundo. Ele te liberta das algemas do mundo capitalista, do mundo que causa essas desgraças. Somente trabalhando na mudança, é que ela acontece. Não adianta reclamar, chorar, se indignar, repassar emails sobre a desonestidade da política ou passeatas pela paz: conta o que você trabalha nesta vida. Uma top model, por mais que desfile o dia inteiro em cima de uma passarela; por mais que o Faustão repita “ó, louco, meu!” a tarde toda....por mais que se trabalhe e se dedique a trabalhos que não modificam ou melhoram esta realidade suja, da pobreza, miséria, fome, prostituição infantil, de guerras, de ostentação, de rivalidade, de raiva, de individualismo, de especialização....por mais que se faça muito bem a profissão de jogador de futebol, de artista da globo, médicos particulares, policiais e militares...Como melhoram a vida das pessoas distantes do seu consultório? De sua farda?

Como trabalhar e ser humano?!

Trabalhando pelos humanos. Afinal, o trabalho é a medida pela qual a gente modifica a realidade. Essa realidade suja...que incomoda a todos os seres humanos....

......................................Seu emprego é sua única chance de revolução.........................

2 comentários:

TatiMarley disse...

busque mais dúvidas...ehehheheh...
botei fé!

TatiMarley disse...

bom, bom....vou ficar de olho no blog de vcs...
:)

Postar um comentário